Exemplars of Evil – Grandes Vilões

Através do suplemento para D&D 3.5, o Exemplars of Evil, você vai obter as ferramentas necessárias para desenvolver vilões inesquecíveis, além de diversos exemplos de vilões prontos, idéias para aventuras e elementos detalhadamente sádicos para acrescentar em sua campanha.

 

O CONCEITO GERAL

Antes de começar a criar um grande vilão, defina algumas metas simples. Como planeja usar o vilão? Ele será um inimigo recorrente, ou para apenas uma batalha? Será de nível baixo ou alto? E sobre sua raça? Considere estes fatores com cuidado, porque eles vão construir a base do seu vilão.

 

O PAPEL

Vilões secundários
Vilões secundários oferecem suporte, eles têm um lugar no enredo, mas não são figuras centrais e os jogadores podem derrotá-los sem prejudicar o restante da campanha. Muitos vilões secundários são servos de vilões principais, eles são personagens interessantes, mas não precisarão de todo o trabalho e investimento que você faz para criar o inimigo principal.

Vilões principais
Vilões principais são os antagonistas primários na campanha ou aventura. Eles impulsionam a história, dirigem a trama e os personagens irão interagir com ele no grande final. Vilões principais são poderosos e influentes, representando uma ameaça significativa para os personagens.

 

 

A FREQÜÊNCIA

Após escolher o papel do vilão, estabeleça sua presença na campanha decidindo com que freqüência ele aparecerá. Eles podem aparecer apenas uma vez, ou serem recorrentes.

Vilões One-Shot
Muitos oponentes dos personagens são vilões “one-shots”: Eles aparecem em um único encontro, tipicamente no final. Um vilão “one-shot” oferece aos jogadores um adversário de meio-termo para confrontar e superar. Um vilão destes é interessante, mas raramente você precisará investir muito nele

Vilões recorrentes
Estes vilões não soltam do calcanhar dos jogadores durante toda a campanha. Eles crescem e desenvolvem, ganhando níveis de acordo com o avanço dos personagens. Eles requerem mais manutenção do que os vilões one-shots, mas o trabalho-extra acaba sendo satisfastório porque você pode ajustar suas habilidades com a dos personagens

 

O TIPO

Existem dois tipos de vilões (não confundir com tipo de criatura): O Vilão racial e o vilão monstruoso. O racial avança somente em classe de personagem, enquanto o monstruoso pode avançar em progressão de Dado de Vida (DV) ou de classe.

Vilão racial
Assim como os personagens, um vilão racial oferece pistas de sua personalidade, motivação e metas. Evite generalizar a raça de um vilão, mas sinta-se livre para usá-lo fazendo valer seus traços raciais, você pode criá-lo de acordo com os detalhes de sua cultura, e tendência de seu povo. Algumas raças, como os orcs, são inclinados a maldade, enquanto outros, como os elfos, ao bem. Um orc se torna um vilão óbvio; o comportamento maligno faz parte de sua natureza, mas para os elfos, a maldade é um desvio da conduta normal, assim você precisará de um catalisador para explicar como um elfo sucumbiu à maldade. Por ultimo, você decide como e porque seu vilão tornou-se o que é, as características de sua raça são um bom começo para dar luz às idéias.

Vilões monstruosos
São os vilões que não são fundamentalmente definidos por sua raça. Usualmente, eles avançam em progressão de Dados de Vida, mas alguns podem adquirir classes de personagem para se tornarem mais distintos. Quando construir um vilão monstruoso, tenha em mente o quão inteligente será a criatura, pois, para ser um grande vilão, o monstro deve ter habilidade para formular seus planos e executá-los. Um tiranossauro não é uma boa escolha, porém, um que adquiriu intelecto através da magia despertar poderia funcionar.
Quando em dúvida, siga esta dica: para fazer um vilão primário, um monstro deve ter inteligência 10 ou mais, e para um menor, uma pontuação de 8 ou mais. Monstros com menos de 7 pontos são apenas bons lacaios e inimigos para alguns encontros, mas não serão grandes vilões.

 

 

O PODER

Dar poder a um vilão pode ser complicado. Ele deve ser poderoso suficiente para atingir seus objetivos, mas não poderoso a ponto dos personagens não terem chance contra ele.
Achar o equilíbrio correto é uma arte, não um ciência exata, e ela começa em achar o nível de desafio correto.

Nível de desafio
O ND do vilão depende de seu papel e de sua freqüência. Um vilão “one-shot” deve ser um inimigo intrigante, mas não significa que ele sobreviverá ao encontro (ou no máximo há uma única aventura). Um vilão one-shot deve mostrar-se imediatamente formidável e impressionante, então seu ND deve ser um pouco maior que o normal.
Uma vez que um vilão recorrente aparece persistentemente em uma série de encontros, ele não precisa dar o “soco inicial” de um vilão one-shot, no entanto, ele deve evoluir mais ou menos na mesma taxa dos heróis. Um vilão menor deve se mostrar próximo dos personagens dos jogadores em termos de poder, enquanto um vilão maior deve ser mais poderoso do que o grupo quando os personagens o enfrentarem.
A tabela a seguir não é estável, talvez você precise adequar o ND do vilão conforme o poder do grupo. Reduzir o ND em -1 quando o grupo for menor do que 4 ou aumentar em +1 para cada 2 personagens além de 4.

  • Papel de vilão menor; One-shot = nvl do grupo +1; Recorrente = nvl do grupo
  • Papel de vilão maior: One-shot = nvl do grupo +3; Recorrente = nvl do grupo +2

 

Vilões de baixo nível
Se você selecionar uma raça para seu vilão, evite raças que tenham dados de vida racial. Estas raças tem um Nível de desafio base que limitará o nível de classe que você pode aplicar e restringirá seu leque de opções para customização.
Monstros de baixo nível raramente vão ser grandes vilões, pois será difícil adaptá-los aos diferentes tipos de grupos graças ao seu nível de desafio fixo. Além disso, monstros com um Nível de Desafio baixo não são do tipo que funcionam bem como grandes vilões.

Vilões de nível médio
Se você criar um vilão com raça, evite escolher uma raça com muitos números de Dados de vida racial. Como alternativa, escolha um raça que não exceda o seu ND base.
Se criar um vilão monstruoso, você poderá torná-lo distinto, dando-lhe níveis em classes ou modelos, ou progredindo em Dados de vida.

Vilões de alto nível
Estes vilões podem conjurar as magias mais formidáveis, possuir os mais potentes itens mágicos e liderar organizações que abrangem vários continentes do mundo. Eventualmente você poderá adicionar um modelo para um vilão de nível alto sem comprometer seus poderes.

 

 

ENVOLVENDO OS VILÕES

Vilões não ficam apenas sentados esperando serem assassinados, eles tem objetivos, interesses, se comprometem em aventuras e mudam com o tempo.
Um vilão one-shot pode tornar-se um vilão recorrente se os personagens não conseguirem derrotá-lo de imediato e, do mesmo modo, algumas más rolagens de dados podem derrubar um aspirante a vilão recorrente antes do tempo.
Vilões podem mudar entre papeis menores e maiores. Considere um servo que substitui seu mestre após os personagenss o derrotarem. O mínion pode não ter sido nada mais do que um personagem de apoio, mas, de repente, ele se torna o centro do trabalho que seu pavoroso mestre havia começado.
O mesmo pode acontecer em sentido contrario. Talvez um ambicioso mago procura obter um artefato que tem poder para destruir o mundo, mas os personagens o encontram primeiro, e o destroem. Com o objetivo do vilão impedido, ele não mais representa uma ameaça e, de fato, se ele não tiver um novo objetivo, tornar-se irrelevante o seu papel, reduzindo-o á um vilão menor ou desaparecendo completamente da campanha.
Vilões podem mudar de tipo também. Um vilão humanóide torna-se um morto-vivo, com poderes para afetar outros planos de existência. Cerimônias mágicas e locais de poder podem transformar o vilão racial em algo completamente diferente.

 

CONSTRUINDO O VILÃO

  •  Ele será one-shot ou recorrente? 
  • Será principal ou secundário?
  •  Monstruoso ou racial?
  • Qual seu(s) arquétipos? (Perturbado, oculto, não maligno, rival, simbólico, compreensível, várias cabeças pensantes)
  • Qual são os seus objetivos? (Imortalidade, amor, poder, vingança, riqueza, reconhecimento)
  •  Qual são suas motivações? (conquista, coerção, convicção, desacordo, inveja, amizade, culpa, ódio, luxúria, loucura, amor, ordem)

 

 

MAQUINAÇÕES DO VILÃO

Metas
Especifique quais são exatamente as suas metas: O vilão já tem um objetivo e motivação para isso, agora determine exatamente o que ele deseja alcançar. Seja específico, por exemplo – O vilão anseia por imortalidade; Seu objetivo é adentrar na corte de Asmodeus, tornar-se um lich para estender sua vida, ser uma divindade ou algum outro método? Lembre-se sempre de considerar sua motivação, elas irão guiá-lo através de muitas opções, e o ajudar a fazer a melhor escolha.

Conseqüências
O que acontecerá se ele não for impedido? Esta é a hora para escolher as etapas que ele irá realizar para alcançar seus objetivos. Quando terminar os detalhes, mantenha em mente os elementos básicos para os vilões: A trama de um vilão one-shot deve ter, relativamente, poucas etapas uma vez que o personagem não vai sobreviver para alcançar suas metas. Já a trama de um vilão recorrente é mais complexa. Como regra de ouro, um vilão one-shot deve ser capaz de ter seus objetivos no tempo de apenas uma aventura, mas o vilão recorrente não deve ser capaz de alcançar todos os seus objetivos até o final da campanha.
Um método para desenhar o esquema do vilão é trabalhar para trás. Determine o objetivo que ele já tenha alcançado e comece a voltar no tempo, descendo cada passo que ele concluiu para alcançar o que queria. Por hora, escolha uma etapa e mantenha outra na reserva. Se os personagens impedirem os esquemas do vilão, ele será capaz de mudar seus planos.

Avançado o vilão
Um Vilão one-shot aparece e morre no intervalo de uma aventura, mas, um vilão recorrente cresce como os personagens dos jogadores, adquirindo níveis como eles. Você pode avançar o vilão na mesma taxa que os personagens, isso significa que ele evolui independente de seu fracasso ou sucesso, em alternativa, considere avançar o vilão quando os personagenss obtiverem progressos na trama. Na conclusão da aventura, olhe para o que o grupo alcançou e o efeito que teve nos planos do vilão.
Se os personagens falharem em completar a missão ou impedir o plano do vilão, a progressão dele aumenta para dois níveis por cada nível que os personagens adquiriram. Se os personagens retardaram os planos do vilão, mas não sendo suficiente para impedi-lo, o vilão adquire um nível para cada nível que os persaonagens ganharam durante a aventura.
Finalmente, se os personagens retardaram os planos do vilão significantemente, deixando-o em uma situação pior do que estava no começo da aventura, o vilão adquire um nível para cada dois níveis que os personagens adquiriram durante toda a aventura.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Exemplars of Evil – Grandes Vilões

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s