Samurai Champloo

Samurais, Hip-Hop, muita pancadaria e pequenas doses de humor! Inovador é a palavra-chave!

Depois de trazer um pouco de ficção com Karas – The Prophecy, samurais agressivos em Shigurui – Morte e Loucura! , garotas sensuais em Tenjho Tenge, vou recomendar está, sem sombra de dúvida, inovadora produção. Aliás, é um de meus animes preferidos!

Produzido pelo estúdio de animação Manglobe (também responsável pelo animê Seiken no Blacksmith, já postado aqui) e dirigido por Shinichiro Watanabe, famoso por Cowboy Bebop, Samurai Champloo é conhecido por incorporar elementos modernos, como o Hip-Hop, em uma época popular da história japonesa, o período Edo. Foi exibido na Cartoon Network no segundo semestre de 2006, e mais tarde, entre 2007 e 2008, na PlayTv, emissora que substituiu o canal Rede 21.

 

No animê, a jovem Fuu deseja encontrar “o samurai com cheiro de girassóis”, que reside na outra extremidade do Japão. Durante sua busca, a ingênua e bem-humorada jovem conhece Mugen, um vagabundo dotado de uma enorme agilidade e técnica nos combates, e Jin, um sábio e misterioso rônin. Na longa jornada, os três andarilhos decidem unir forças e percorrer o oriente sendo protagonistas de muitas encrencas e constantes lutas, muitas das vezes, sem o menor sentido. 

Conforme os episódios, o passado dos três personagens principais é revelado, no qual Mugen sofreu com uma infância amargurada e cheia de difícies escolhas e Jin, ex-aluno e melhor discípulo Mujuu Shinke ryuu, atualmente está procurando escapar de seu passado trágico.

Embora seja provável que esteja tentando reproduzir o sucesso de Cowboy Bebop, popular animê que mistura ficção científica com música (jazz e blues), a produção faz questão de oferecer uma abordagem mais moderna através do Hip-Hop, do Beatbox (reprodução vocal de sons e efeitos) e do Break Dance. Samurai Champloo, com apenas 26 episódios, tem uma produção original, e de excelente qualidade, tanto no roteiro quanto nos aspectos visuais. É uma obra repleta de ação em contraste com a música e cativantes personagens.

 

Em agosto de 2004, o animê recebeu uma adaptação para mangá na revista Shonem Ace e após dois anos foi publicado pela editora Panini Comics no Brasil.

 

Anúncios

11 comentários sobre “Samurai Champloo

  1. Pingback: Tweets that mention Agora no #Paragons :: Samurai Champloo - -- Topsy.com

  2. Vale também lembrar que o projeto seguinte ao Samurai Champloo é Michiko to Hachin, que conta a história de uma mãe e filha vivendo numa favela brasileira. Apesar de parecer assustador, Michiko to Hachin possui o mesmo critério e habilidades visuais de Cowboy Bebop e Samurai Champloo, valendo a pena das uma conferida.
    .-= Victor Hugo (Ao Sugo) postou blog ..Improbabilidade Infinita =-.

  3. Isso ae, D.D.
    Samurai Champloo é legal demais! o/
    Uma ótima referência p quem curtiu Cowboy Bebop. =)
    Ah, o jogo de PS2 não é tão bom… a engine é meio chata com “loadings” em excesso. =

  4. #Victor, obrigado pelo adendo!Pretendo conferir!

    #Patesi #Léo e #ImRaphox, agradeço a visita e comentários, espero revê-los novamente por aqui!

    #Bruno, uma adaptação de RPG é uma boa, quando estiver pronta me avise.

    Abrçs e Bons Jogos!

  5. Também tive a oportunidade de assistir esse fabuloso animê. Samurai Champloo é , sem dúvidas, uma releitura muito feliz e um casamento entre história e música. O Hip-hop, o beatbox e o Breake-Dance dão um gancho que atualiza o contexto histórico.

    Se você observar há referência sutis, como no estilo de luta do Mugen lembram muitos o próprio Breake. Sem contar na trilha sonora e nas histórias sempre muito ricas e fodásticas.

    Parabéns pela matéria! o

  6. Olá senhor Dark!
    Quanto tempo que não comento uma postagem sua, hein? Pois é, foi mal… Mas agora que veio a falar de mais um anime EXTREMAMENTE recomendado e muito bom não podia deixar de vir aqui.

    Parabéns pela postagem, adorei! Sem dúvida este anime é demais, ri pacas com os capítulos e os estilos de luta malucos.

    Até and Bye…
    .-= Tio Lipe “Cavaleiros” postou blog ..Mais dicas para uma boa campanha de investigação =-.

  7. #Gran Kain e #Thiago Vieira, agradeço a visita e comentários! Já escolhi o próximo, semana que vem tem mais!

    #Tio Lipe, o que eu quero saber mesmo é quando você vai enviar aqueles textos para postar e participar no PRG?! =D

    É bom ver o seu retorno! Agradeço sua visita e comentários!

    Abrçs e Bons Jogos, senhores!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s