Soul Eater – Vou devorar sua alma!

Almas saudáveis e espíritos saudáveis alojam-se em corpos saudáveis…

YAHOO!!!

Na primeira ocasião, após assistir aos dois primeiros episódios deste animê, não aprovei. Pouco tempo depois, ainda na mesma semana, reunido aos amigos para um sessão de RPG, dois jogadores estavam comentando sobre Soul Eater, para minha surpresa. Na semana seguinte, após ser convencido por eles (afinal, já diz o ditado, ”é próprio do sábio mudar de opinião”), estava oferecendo mais uma chance aos caçadores de bruxas.

Na semana anterior, recomendei o paragônico Samurai Champloo, se você gostou, conhecia ou já assistiu, então não perca a oportunidade de conhecer outra obra divertida e original! Logo abaixo, confira algumas informações e uma breve resenha sobre o animê, além do habitual e empolgante AMV (Anime Music Video) do post!

Soul Eater é escrito e ilustrado por Atsushi Okubo,  publicado na Monthly Shōnen Gangan sendo também responsável pelo mangá Fullmetal Alchemist, adquiriu uma versão animê em abril de 2008 com cerca de 51 episódios.

 

 

A Escola Shibusen tem como objetivo eliminar todos os Ovos de Kishins, seres capazes de devorar as almas humanas para tornarem-se mais poderosos, e Bruxas malignas que na maioria das vezes tem disponível um grande poder. Para combater tais problemas, a escola seleciona os Artesãos e suas Armas, sendo também capaz de assumir a forma humana, e juntos devem evoluir para gerar uma arma mais poderosa, nomeada Death Scythe (Foice da Morte). Para isso, uma arma tem de devorar 99 Ovos de Kishin e uma alma de bruxa.  O Shinigami-sama, diretor e fundador da escola Shibusen e guardião da cidade DeathCity, é responsável por escolher e enviar todos os estudantes para missões e tarefas especiais.

Durante o animê, na cidade DeathCity, um grupo de jovens estudantes são protagonistas da história, em especial a artesã Maka Albarn e seu parceiro e arma, Soul Eater Evans. Maka é uma aluna dedicada e responsável, tentando superar sua mãe em criar uma Death Scythe melhor que seu próprio pai, o popular Spirit. Apesar de ser constantemente evitado e rejeitado, o atual Death Scythe deseja resgatar o respeito e de alguma maneira convencer sua filha que será um pai melhor, embora seja muito mulherengo, normalmente causando uma tremenda vergonha alheia.

Ao contrário da aplicada aluna está Soul Eater Evans, sempre descolado, irônico e pretensioso. Aliado aos poderes de sua Artesã, é capaz de realizar a técnica lendária dos caçadores de bruxas, O Caçador de Bruxas (Majogari). Mais tarde, juntos descobrem uma técnica ainda mais poderosa, o Caçador de Demônios(Majingari).

O trapalhão Black Star, conhecido por seu parentesco com um clã de assassinos, sendo o último descendente do clá da Estrela, deseja sempre ser o centro das atenções e é dono de um gigantesco complexo de superioridade, geralmente sendo motivo para atuações contrangedoras e embaraçosas. Apesar de sua clara falta de atenção, bem ao estilo Naruto de ser, é um formidável guerreiro com uma enorme força de vontade. A bela e paciente, Tsubaki, é sua arma, sendo capaz de alterar-se em várias armas ninja e, principalmente, suportar e acalmar o ego inflado de seu artesão.

Death the Kid, filho do Shinigami-sama, é uma pessoa perfeccionista e deseja um mundo totalmente perfeito e simétrico. Ao seu lado, estão as desmioladas Lizz e Patty Thompsom, duas pistolas gêmeas, as famosas irmãs Thompson. Ambas, possuem uma personalidade e forma humana singular, motivando a fúria do complexo perfeccionista de seu artesão.

Além da turma de estudantes, com um desempenho bastante importante no decorrer do enredo, está o cientista, e mais tarde professor, Dr. Franken Stein, que foi o melhor artesão da escola Shibusen e tem a capacidade única de manipular qualquer arma através de sua alma.

A criatividade da história, dos personagens e, principalmente, dos seus poderes,  impressiona. Muito embora, o destaque seja do cenário, marcado por um traço sombrio e repleto de cores fortes e vivas (literalmente), sendo em determinadas ocasiões, capaz de transmitir e adicionar um ar de humor as cenas ou provocar uma sensaçãso de mistério e suspense.


Anúncios

11 comentários sobre “Soul Eater – Vou devorar sua alma!

  1. Realmente, Soul Eater é um anime do carai!

    A adaptação feita pelo pessoal do Defensor3 é muito interessante, mas me desanima o fato de não poder jogar.

    Agora só vai faltar o pessoal falar de dotHack.

  2. O anime é demais, mas o final deixa a desejar…

    pra quem quiser a experiência completa tratem de ler o mangá. Fica 10x melhor e ainda nem acabou XD

  3. Me desanima NUNCA ter jogado 3D&T e NÃO possuir grupo.
    Achar um grupo legal aqui em Recife, que jogue 3D&T principalmente, é como procurar uma agulha numa gafieira…

  4. Reintero o conselho do Timóteo… uma parte do anime é bastante fiel, mas como ele estava prestes a ultrapasar o mangá modificaram o final, que ficou muito ruim. Sempre que um anime for baseado em mangá prestem atenção pois dificilmente é fiel até o fim por suas publicações acabarem coincidindo.

  5. De toda forma, uma obra deve ser degustada inteiramente, tanto o anime (que estou quase terminando) quanto o manga (que vou começar a ler depois).

  6. Pingback: Tweets that mention Soul Eater – Vou devorar sua alma! | Paragons -- Topsy.com

  7. Infelizmente, não obtive a chance ou oportunidade de ler o mangá, mas já tinha conhecimento que a animação não era igual e que o mangá continua a ser publicado.

    Atmo, recomendo que procure grupo no Bom é Jogar RPG, tem muita gente de todos os cantos do Brasil procurando grupo por lá.
    Aliás, aproveite a oportunidade para conhecer o 2º Encontro Virtual de RPG!

    Obrigado por todos os comentários, galera!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s