Publicado em RPG

[ATUALIZADO] PROMOÇÃO – UMA AVENTURA E TANTO!

Já imaginou ter seu nome ligado a desafios surpreendentes? Enigmas quase indecifráveis, perigos mortais crescendo a cada segundo? A cada inimigo derrotado? Uma trama enovelada, com super-heróis unindo-se nos embates contras as forças do mal? Essa é a oportunidade de ser lembrado como o idealizador da aventura mais aguardada do Dia D RPG 2010!

A Promoção Uma Aventura e Tanto! levará até 4 personagens comandados por mestres em mais de 10 cidades deste país em uma aventura escrita por você, arriscando seus pescoços para enfim desbravar os mistérios de sua própria aventura.

Escreva! Participe! Envie sua aventura para ser jogada no Dia D RPG 2010  e tenha seu nome entalhado nos anais da história do maior evento de RPG do Brasil.

REGULAMENTO

CAPÍTULO 1 – Das inscrições dos participantes

– O participante deve enviar uma aventura de RPG para o e-mail  diadrpg2010@gmail.com

– Serão válidas aventuras enviadas a partir da data de publicação desse regulamento até as que chegarem ao email diadrpg2010@gmail.com até as 23:59hs  do dia 27/08/2010;

– A aventura deverá ser criada dentro dos moldes do sistema utilizado no  livro Mutantes e Malfeitores;

– Não é permitida a participação de administradores da promoção e de  organizadores do Dia D RPG 2010. Em caso de parentesco até 3° grau com os membros da organização ou da comissão julgadora, o organizador/jurado deverá  se afastar do respectivo cargo ou negar o pedido de inscrição do participante, sem grau de recurso.

CAPÍTULO 2 – Do envio e dos requisitos mínimos da aventura

– As aventuras devem ser enviadas em arquivos Microsoft Word 2003 ou superior ou OpenOffice para os textos e jpg, png ou gif para as imagens, caso existam;

– A aventura deve ser elaborada para ser terminada com sucesso em no mínimo 1:30 hs (uma hora e trinta minutos) e no máximo 2:30 hs (duas horas e trinta minutos). Admite-se tolerância de meia-hora neste prazos, para a questão de explicação de sistema, etc.;

– O tempo de solução e a aventura propriamente dita serão avaliados pela comissão julgadora do Dia D RPG 2010;

– O tamanho não pode ser superior a 20 páginas, usando o padrão de fonte Arial para todo o texto, incluindo possíveis notas explicativas, e tamanho 10 para o corpo do texto.

– Dentro da aventura, o autor deverá indicar pontos-chaves da história, ou seja, decisões, seja na forma de ações ou de omissões, além de outra possibilidades para a aventura. Destes pontos-chaves deverá elaborar um pequeno questionário, de 5 perguntas, que abordará os rumos da história. Serão perguntas de múltipla escolha de, no mínimo 02 (duas) alternativas, e o total de suas respostas deverão ter uma pontuação mínima de 20 (vinte)  pontos e máxima de 60 (sessenta) pontos.

– Este questionário será utilizado para as equipes locais avaliarem os participantes, de forma a poderem classificá-los de acordo com as respostas dadas à este questionário [exemplo de perguntas no final do regulamento].

– A aventura enviada deve ser de sua autoria, sendo permitida co-autoria, devendo ser inédita, ou seja, nunca ter sido publicada em nenhum material impresso ou virtual (revistas, e-zines, livros-jogos, etc.);

CAPÍTULO 3 – Do resultado, da comissão julgadora e das disposições finais e transitórias

– O resultado da promoção será publicado no site da organização nacional Dia D RPG e também poderá ser divulgado nos parceiros e afiliados, bem como em todos aqueles que a organização nacional tiver contato. O resultado será divulgado no primeiro dia do evento (11 de setembro) ao vivo, às 10:00h, através do streaming de vídeo;

– Será formada uma comissão julgadora, de no mínimo três jurados, de reconhecido saber rpgístíco e reputação ilibada, e será divulgada no site da organização nacional Dia D RPG e nos sites de seus afiliados e parceiros. Da decisão desta comissão não caberá recurso;

– Os critérios para a seleção do ganhador desta promoção são: criatividade, originalidade, grau de dificuldade, desenvolvimento dos personagem em relação à trama e ambientação adequada.

– A aventura escolhida será utilizada oficialmente dentro do evento Dia D RPG 2010 e serão dados os devidos créditos ao autor da aventura em todas as mídias que tratarem desse assunto;

– A aventura escolhida será de propriedade da organização global do evento Dia D RPG. As demais aventuras que não forem escolhidas poderão ser disponibilizadas no site do Dia D RPG, a critério da organização nacional;

PREMIAÇÃO:

– Um livro do RPG Mutantes & Malfeitores cedido pela Jambô Editora.

– Ao enviar a aventura que vai concorrer, o participante deverá responder a seguinte pergunta: Qual dos livros da linha Mutantes e Malfeitores eu quero ganhar?

[ ] Mutantes & Malfeitores

[ ] Agentes da Liberdade

[ ] Manual do Malfeitor

ESCLARECIMENTOS

1. O que seria esses pontos – chaves?
Para explicar isso, vamos usar um exemplo clichê: um grupo de heróis tem que resgatar alguém que foi sequestrado por alguma guilda de mercenários. Quando o autor escrever a aventura ela poderá ter reviravoltas, ou seja, como no exemplo, pode ficar claro que não foi o grupo de mercenários que sequestrou, mas foi uma armação da vítima para conseguir dinheiro com o resgate, digamos. Quando o autor escrever essa parte ele pode deixar a “descoberta” do esquema como opcional, e se caso os jogadores descobrissem eles chegariam mais próximos da verdade.

Resumindo, um pontos-chaves é, como no exemplo dado, um ponto da história em que os jogadores foram submetidos a uma escolha, e decidiram agir de uma forma ou de outra, dentre as formas possíveis. Mas isso já e assunto da próxima pergunta

2. O que seria esse questionário?

O questionário é uma forma objetiva para que a organização possa “rankear”, classificar, medir até aonde eles atingiram a essência da motivação da aventura.

Ao fim da aventura, a equipe vencedora deverá ter um valor máximo de pontos que não exceda 100 pontos (julgando que a mesma sempre tome o melhor caminho, ou seja, sempre consiga 20 pontos em cada marco) e havendo mais de uma equipe em empate no primeiro lugar o critério de desempate será o tempo.

O sistema de questionários perguntando sobre pontos-chaves, decisões, opções dentro da aventura, entre outras opcionalidades é semelhante ao existente em algumas aventuras oficiais da DCI da Wizards of The Coast.

Caso as dúvidas persistam procure um organizador do evento mais próximo ou entre em contato conosco através do e-mail diadrpg2010@gmail.com.

Exemplo de Questionário

Utilizando o exemplo exposto acima ( um grupo de heróis tem que resgatar alguém que foi sequestrado por alguma guilda de mercenários) poderíamos ter esse tipo de pergunta no questionário:

A) Os jogadores descobriram a real motivação do sequestro?

a) Sim (20 pontos)

b) Não (0 pontos).

Digamos que, na mesma aventura, eles tivessem que capturar todos, mercenários e vítima sequestrada, com vida. No questionário, teríamos uma pergunta assim:

B) Como ocorreu a conclusão da aventura?

a) Os personagens foram derrotados (0 pontos);

b) O refém foi morto e alguns mercenários presos (5 pontos);

c) O refém foi morto e todos os mercenários mortos(0 pontos);

d) O refém foi morto e todos os mercenários presos (10 pontos);

e) O refém e todos os mercenários foram presos (20 pontos);

f) O refém foi resgatado e alguns mercenários presos (15 pontos);

g) O refém foi resgatado e todos os mercenários mortos (10 pontos);

Via: Alexandre Fnord, um dos organizadores da promoção.

5 comentários em “[ATUALIZADO] PROMOÇÃO – UMA AVENTURA E TANTO!

  1. Olha só, o D&D Gameday esse ano tá com tudo pra ser um sucesso e voltar às boas épocas, quando eu ouvia falar do evento e queria fazer aqui.

    (comentário editado porque toscamente errei de post uhehehehe)

  2. Olá.

    Não está claro a questão dos pontos chave e do questionário. Você pode explicar melhor o que é e como ele deve ser feito? Também não entendi a questão da pontuação e de como deve ser computada.

    Obrigado.

  3. Bem, então vamos explicar.
    1. O que seria esses pontos – chaves?

    Para explicar isso, vamos usar um exemplo clichê: um grupo de heróis te que resgatar alguém que foi sequestrado por alguma guilda de mercenários. Quando o autor escrever a aventura ela poderá ter reviravoltas, ou seja, como no exemplo, pode ficar claro que não foi o grupo de mercenários que sequestrou, mas foi uma armação da vítima para conseguir dinheiro com o resgate, digamos. Quando o autor escrever essa parte ele pode deixar a “descoberta” do esquema como opcional, e se caso os jogadores descobrissem eles chegariam mais próximos da verdade. Resumindo, um pontos-chaves é, como no exemplo dado, um ponto da história em que os jogadores foram submetidos a uma escolha, e decidiram agir de uma forma ou de outra, dentre as formas possíveis. Mas isso já e assunto da próxima pergunta
    2. O que seria esse questionário?

    O questionário é uma forma objetiva para que a organização possa “rankear”, classificar, medir até aonde eles atingiram a essência da motivação da aventura. No exemplo acima, teríamos essa pergunta no questionário:
    A) Os jogadores descobriam a rela motivação do sequestro?
    a) Sim (20 pontos)
    b) Não (0 pontos).
    Digamos que, na mesma aventura, eles tivessem que capturar todos, mercenários e vítima sequestrada, com vida. No questionário teríamos uma pergunta assim:
    B) Como ocorreu a conclusão da aventura?
    a) Os personagens foram derrotados (0 pontos);
    b) O refém foi morto e alguns mercenários presos (5 pontos);
    c) O refém foi morto e todos os mercenários mortos(0 pontos);
    d) O refém foi morto e todos os mercenários presos (10 pontos);
    e) O refém e todos os mercenários foram presos (20 pontos);
    f) O refém foi resgatado e alguns mercenários presos (15 pontos);
    g) O refém foi resgatado e todos os mercenários mortos (10 pontos);

    Outro ponto, e que esta classificação servirá para o Desafio Online de RPG, portanto é necessário classificar para poder premiar, entende?

    Fui claro?

  4. Complementando: esse sistema de questionários perguntando sobre pontos-chaves, decisões, opções dentro da aventura, etc.é parecido com o que existe em algumas aventuras oficias da Wizards, lá pelas RPGA/DCI. Se ainda assim tiver dúvidas, fale com algum organizador que você tenha contato e peça para que ele mostre alguma das aventuras de LFR (Living Forgotten Realms), pois a maioria destas tem um questionário desses.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s