Julgamento pelos direitos cinematográficos de D&D será em Março

A Warner Bros havia anunciado o retorno de D&D aos cinemas, porém os planos da adaptação cinematográfica estão diante do seu primeiro desafio, a Hasbro e Universal alegaram direitos sobre a marca e levaram o caso a justiça, o julgamento finalmente será realizado em 25 de Março.

jeff_easley_red_dragon D&D

Isto não é nenhuma novidade, a desavença pelos direitos da produção de um novo filme de D&D vem arrastando-se desde o meio do ano passado, logo após a Warner emitir o seu comunicado, a Hasbro, detentora dos direitos do D&D ao obter a Wizards of the Coast em 1998, processou a empresa, justificando que o estúdio não poderia mais produzir uma adaptação.

Chainmail

A licença da Warner, para realizar a adaptação cinematográfica de D&D, já havia expirado, com um prazo de somente 5 anos após o lançamento do último filme de D&D para os cinemas, que foi realizado em 2000. A Universal, acreditando na vitória da Hasbro no julgamento, já contratou o diretor do filme, Chris Morgan (roteirista de Velozes & Furiosos) foi escolhido, sendo até agora a única informação divulgada sobre a produção.

A Warner Bros, em sua defesa, justificou que pretenderá adaptar Chainmail, um wargame de Gary Gygax e Jeff Perren de 1971, que inspirou a criação de D&D, quando David Arneson introduziu alguns conceitos de interpretação de papéis no jogo de miniaturas, dando origem ao primeiro dos RPG, tal como conhecemos hoje.

De qualquer maneira, ambas são boas notícias, os fãs de Dungeons & Dragons podem ganhar até dois filmes, um que continuará com as sagas épicas de fantasia medieval, agora em um estúdio melhor, enquanto o outro será baseado na origem do RPG, utilizando-se de toda a mitologia da fantasia medieval. Fica até difícil escolher qual será melhor. Bom, ao final de Março, no desfecho do julgamento, enfim descobriremos quantos presentes vamos ganhar para comemorar ainda mais os 40 anos de D&D.

2 comentários sobre “Julgamento pelos direitos cinematográficos de D&D será em Março

  1. Pingback: Erik Mona da Paizo, em entrevista, comenta sobre o futuro do Pathfinder, do D&D e do RPG – Parte 1/2 | Adrenalina RPG

  2. Pingback: Erik Mona da Paizo, em entrevista, comenta sobre o futuro do Pathfinder, do D&D e do RPG – Parte 2/2 | Adrenalina RPG

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s