De Mestre para Mestre #6 – Felipe Pep

Sexta edição da coluna de Mestre para Mestre, uma série de entrevistas com narradores experientes, buscando compartilhar ideias e contribuir para a formação de novos mestres, além de auxiliar os mais inexperientes e novatos.

Se você é um mestre inexperiente ou iniciante, aproveite está oportunidade para sanar suas dúvidas, através dos comentários. Você, mestre experiente, que deseja contribuir com a coluna, comente também sobre suas experiências e contribua no desenvolvimento de novos narradores. Além disso, aceitamos sugestões para aperfeiçoar e aprimorar a coluna.

De Mestre para Mestre #6

counseling

Por favor, faça uma breve apresentação:
Meu nome é Felipe, mas todos me conhecem como PEP (“ja tirei a vela”). Sou desenvolvedor web teimoso, web designer freelancer, ilustrador esforçado, vice-presidente de ONG, carioca da gema e botafoguense por vocação. Escrevi uma aventura para Old Dragon chamada Caos em Belmont (publicada pela editora UNZA RPG), sou Co-autor e ilustrador de Bruxos e Bárbaros, um rpg old school de espada e feitiçaria que você pode acompanhar no blog Pontos de Experiência, do meu brother Diogo Nogueira, e venho rascunhando o Oriental Dragon (um tipo de aventuras orientais para Old Dragon).

Quanto tempo você mestra e como começou?
Eu iniciei no RPG por volta de 1990, quando joguei GURPS e o D&D da grow no colégio, mas acho que só fui mestrar mesmo uns 2 anos depois, quando comprei meu GURPS e TAGMAR.

Qual é o seu estilo de jogo, como Mestre?
Eu sou de lua, viajo constantemente pelos jogos narrativistas, volto para os mais entrucados e sempre descanso na simplicidade do old school que é de “onde eu vim”.

Quais são as melhores habilidades de um Mestre?
Criatividade, improviso e bom senso fazem de você um mestre bacana, mas acho que bom humor, educação e paciência fazem de você um mestre melhor ainda.

Quais são os seus maiores obstáculos narrando e o que faz para corrigir isso?
O maior obstáculo em minha mesa é o jogador que esquece que todos precisam se divertir, pois estamos perdendo tempo/dinheiro para isso! Se vejo alguém nessa vibe (clima ou tensão) eu já paro tudo e converso com a galera sobre o motivo de estarmos ali.

Qual o local e ambiente ideal para realizar uma sessão de RPG?
Um local arejado, com mesa e acomodações decentes, sem gente “de fora” e com um monte de gordices ou cervejas!

Como você organiza as suas sessões de RPG?
Eu geralmente anoto as coisas em documentos de texto no PC. Um para ficha de inimigos, outro para as cenas mais importantes e outro para o “plot” que esbocei. Tudo esboço, nada definitivo! Quando narro jogos focados em dungeons preparo um esboço dela também.

Qual o seu processo de pesquisa e planejamento para desenvolver uma história e aplicá-la em jogo?
Geralmente, vejo um filme ou seriado e me inspiro. Então, busco mais na net, na wikipédia, nos quadrinhos ou livros e monto um plot inicial, às vezes algo como “salvar o mundo”. Depois escrevo um ou dois parágrafos sobre o cenário e proposta do meu jogo e vejo o que os meus amigos prepararão em termos de personagens. Eu narro 100% focado nos personagens.

Quais são os temas recorrentes em seus jogos e como faz para usá-los?
Muito comum em minhas mesas é a ação, não só o combate, mas ação tipo Indiana Jones! Na verdade, meus jogadores até categorizam algumas de minhas dungeons como “dungeons para Indiana Jones“. Eu gosto de desafios, gosto de mistérios, adoro intrigas e traições. Nunca faltam viagens no tempo, referências mitológicas e humor. Eu sou meio bobo então meus NPCs são meio caricatos, falo com vozes engraçadas e faço muitos gestos, pois sou “metido a comediante” às vezes, então é comum dar muitas risadas no meu jogo.

Como manter os jogadores focados no jogo?
Eu acho que o foco é a diversão e não o jogo em si. Já tive jogador chateado por causa de conversas paralelas, mas digo sempre que estou ali para me divertir, de modo que se a galera preferir parar tudo e só papear ao som do Metallica eu topo. Tem horas que apenas uma pessoa atrapalha o jogo, mas quando geral “perde o foco”, eu entro na dança e conto piada.

Quais são as principais qualidades de um jogador e como explorá-las a favor do jogo?
Acho que o jogador ideal é o que não atrapalha o andamento do jogo ou a diversão dos outros. Eu sou do tipo de jogador que não me importo com as regras, na verdade é comum que eu nem faça minha ficha, apenas digo como quero o personagem e o mestre faz. Eu quero é me divertir e penso que o bom jogador será assim, de modo que sempre beneficio tais jogadores, na esperança de que os demais busquem ser como ele, no sentido de focarem-se mais na diversão e na construção da história.

Quais ferramentas ou acessórios você usa, e como eles são capazes de auxiliar mestres?
Uso notebook ou tablet e blocos de anotações. Uso miniaturas e tabuleiro apenas para facilitar a compreensão sobre a disposição dos elementos na cena. Já usei som e luz ambiente, mas nao ficou legal.

Quais são suas principais referências, além do RPG?
Outros RPGistas e mestre mais experientes, mitologia, religião e a mídia pop (quadrinhos, séries e filmes). Não sou muito de ler livros, só este ano que li O Hobbit! E também não leio em inglês, logo perco muuuuuitas coisas legais.

Na sua visão de Mestre, descreva uma sessão de RPG perfeita?
A sessão perfeita (para mim) é aquela onde todos se divertem muito; o sistema de regras nos serve e não nós a ele; a cerveja esta gelada e os petiscos apetitosos!

Um conselho essencial para um mestre inexperiente?
Jogue muito como jogador e quando sentir-se seguro, jogue como mestre. Chame pessoas legais, tolerantes e pacientes, pois você cometerá erros, perderá o rumo do jogo ou deixará as coisas lentas, é normal! Leia artigos e blogs com dicas sobre RPG, participe de fóruns ou apenas leia os debates que rolam e retenha o que for bom! No final, o jogo é sobre diversão, então ache a forma como você e seus amigos mais se divertirão e explore-a.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s