De Mestre para Mestre #9 – Waldeli R. Serachiani

Nona edição da coluna de Mestre para Mestre, uma série de entrevistas com narradores experientes, buscando compartilhar ideias e contribuir para a formação de novos mestres, além de auxiliar os mais inexperientes e novatos.

Se você é um mestre inexperiente ou iniciante, aproveite está oportunidade para sanar suas dúvidas, através dos comentários. Você, mestre experiente, que deseja contribuir com a coluna, comente também sobre suas experiências e contribua no desenvolvimento de novos narradores. Além disso, aceitamos sugestões para aperfeiçoar e aprimorar a coluna.

De Mestre para Mestre #9

counseling

Por favor, faça uma breve apresentação:

Waldeli Roberto Serachiani, 30 anos, publicitário e designer gráfico, São Caetano do Sul, São Paulo, mestro Pathfinder, que é na minha opinião o melhor sistema desenvolvido, e Mutantes & Malfeitores.

Quanto tempo você mestra e como começou?

Mestro a pelo menos 13 anos, jogo a 15, comecei por falta de mestre, no antigo WOD, mas nesses anos já passei por diversos sistemas.

Qual é o seu estilo de jogo, como Mestre?

Para mim, nada mais importante que a história, mato personagens dos jogadores se isso criar um gancho legal, acho que o RPG é a história, os jogadores devem sentir as sessões como se fossem o dia a dia dele, como se fosse a realidade

Quais são as melhores habilidades de um Mestre?

Improviso, os jogadores são seres pensantes únicos e possuem ideias que, com certeza, você não esperava que eles tivessem, portanto, é importantissimo pensar rápido e improvisar quando eles te pegam de surpresa

Quais são os seus maiores obstáculos narrando e o que faz para corrigir isso?

Tempo para preparar as aventuras, trabalho, namoro, família, tudo isso ocupa tempo nosso e diferente dos jogadores que só tem responsabilidades no dia da sessão, o mestre precisa preparar com antecedência. O melhor a se fazer é separar um dia especificamente para isso, utilizar ferramentas como criadores de mapa e geradores de nome também auxiliam e muito o trabalho.

Qual o local e ambiente ideal para realizar uma sessão de RPG?

Vou responder o que eu acho sobre o que eu acho que é a pergunta. Melhor local é quarto com mesa, é dificil pros jogadores se soltarem em qualquer ambiente publico, como praças e bibliotecas.

Como você organiza as suas sessões de RPG?

Mantenho um grupo do meu RPG no facebook, deixando todos eles em contatos, crio eventos para anunciar as sessões, enquanto, em casa, preparo arquivos de música para dar ambientação, imagens para facilitar a visualização, miniaturas e mapas, esse tipo de coisa.

Qual o seu processo de pesquisa e planejamento para desenvolver uma história e aplicá-la em jogo?

Não faço muita pesquisa, tento me manter sempre informado através de livros, HQs, filmes e séries, captando toda e qualquer informação possível dessas coisas. Depois, no preparo da sessão, crio um arquivo de texto constando todas as informações possíveis, inclusive aquelas que não são pertinentes aos jogadores, para facilitar o acesso durante a sessão. Manter tudo anotado é o melhor a se fazer.

Quais são os temas recorrentes em seus jogos e como faz para usá-los?

Geralmente, utilizo muita politicagem e investigação, como esses temas são bem atuais, fica fácil de criar um clima.

Como manter os jogadores focados no jogo?

Criando muitas cenas de interpretação, fazer eles passarem mais tempo pensando como personagens do que como jogadores. Quanto mais tempo eles pensam como personagens, mais intrigados eles ficam com a história.

Quais são as principais qualidades de um jogador e como explorá-las a favor do jogo?

Um bom jogador se importa mais com o background do seu personagem do que com sua ficha, ele é responsável com seus horários e tem interpretações memoráveis. O melhor jeito é dar importância a essas coisas, utilizar um bom background como base para a aventura ou utilizar uma interpretação com um NPC como forma de resolver uma missão, é perfeito.

Quais ferramentas ou acessórios você usa, e como eles são capazes de auxiliar mestres?

Computador ou tablet, acho que hoje é essencial isso, você pode por música, separar imagens, fazer pesquisa rápida. Com isso você não precisa mais de nada, nem dos livros.

Quais são suas principais referências, além do RPG?

Acho que HQ é a maior, sou um fã enorme de HQ e as européias tem ambientações fantásticas.

Na sua visão de Mestre, descreva uma sessão de RPG perfeita?

O grupo chega a uma cidade que não conhece, quando percebe que coisas anormais acontecem lá, eles investigam, descobrindo que o lideres da cidade ou a igreja é responsável por essas coisas, bate de frente com eles, de preferência uma briga moral entre contar ao povo ou não sobre aquilo, e finaliza com uma grande batalha. Acho que uma sessão assim me anima a jogar.

Um conselho essencial para um mestre inexperiente?

Leia e assista, tudo pode ser utilizado e quanto mais informações vocês tiverem na cabeça, mais dificil dos jogadores te surpreenderem.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s