Construindo e Planejando Histórias para Jogos de Super-Heróis

Geralmente, livros de RPG de super-heróis estarão cheios de estratégias que poderão ser empregadas por personagens de um arquétipo contra outros personagens do mesmo ou de um outro arquétipo diferente, além de alguns conselhos para o mestre elaborar melhor as suas batalhas.

Para o narrador, são princípios básicos para adaptar e construir suas próprias táticas de combate em jogos de super-heróis, utilizando estes conselhos para desafiar os personagens dos jogadores. No entanto, são através das histórias em quadrinhos que um narrador conseguirá os melhores exemplos para construir e planejar os seus jogos.

É evidente que os combates são importantes, mas eles não deveriam consumir uma grande parcela da sessão em jogos de super-heróis, aumentando gradativamente a qualidade da sua história, o narrador manterá um jogo interessante para os jogadores, e a diversão será garantida.

justice_league_no_13_by_alexgarner

Leia Quadrinhos

Começando pelo básico, o que, por sua vez, não significa que o narrador precisará gastar suas preciosas economias comprando centenas de histórias em quadrinhos, contudo, selecionar uma boa lista de títulos, eventos e sagas para dedicar uma parte do seu tempo, lendo e inspirando-se é um excelente início para construir e planejar suas futuras histórias de super-heróis.

Para começar bem as suas pesquisas, confira essa LISTA COM OS 100 MELHORES HQS DE TODOS OS TEMPOS, divulgados no site Jovem Nerd, através de uma enquete do Comic Book Resources.

Focando a História para os Jogadores

Tramas de um indivíduo super-herói podem ser pequenas, explorando a interação do personagem com os outros, ou no conflito de sua natureza humana com a sobre-humana. Entretanto, histórias de super-heróis tem que ser épicas, com batalhas contra poderosos vilões, desastres naturais e invasões alienígenas, onde o grupo de personagens dos jogadores estará procurando maneiras de usar suas habilidades para solucionar todos os problemas.

Para o narrador, as campanhas de super-heróis oferecerão aos jogadores um grupo para realizar algo como uma equipe, permitindo que cada um dos personagens tenham uma chance de brilhar como indivíduo. Logo, proporcionar desafios que correspondem as habilidades dos personagens é uma forma de obter um jogo mais divertido.

O narrador tem o controle total sobre o ambiente em que a batalha será realizada, portanto poderá conseguir vantagem sobre os personagens dos jogadores, permitindo que antagonistas mais inteligentes utilizem ao seu favor o ambiente para melhorar as suas habilidades e minimizar suas vulnerabilidades.

No entanto, inimigos individuais, os vilões, por exemplo, não poderão ser tão fracos, sendo derrotados com um único golpe de um personagem dos jogadores, eles deverão ser suficientemente capazes de confrontá-los, causando dano, mesmo que seja mínimo. Contudo, eles também não deverão ser tão poderosos, derrotando os personagens dos jogadores facilmente, suas super-habilidades não podem exceder por uma margem muito alta os poderes coletivos do grupo.

Obviamente, quanto maior for o número de oponentes enfrentando os personagens dos jogadores, mais difícil será para o narrador manter-se concentrado em suas táticas e equilibrar o combate, o ideal é fazer combates separados ou limitar a quantidade de inimigos que serão usados de uma só vez.

batgirl_no__33_by_alexgarner

Códigos e Condutas

Comumente, um ponto que torna as histórias em quadrinhos de super-heróis diferente são os códigos mais elevados de comportamento, os personagens são moralmente corretos, mais corajosos, esforçando-se por um bem maior, ainda que lhes seja desfavorável.

Os verdadeiros super-heróis seguirão um código moral, por exemplo, às vezes não utilizaram de força letal, exceto quando não houver nenhuma outra maneira de solucionar uma circunstância e mesmo assim, isso acabará afetando sua personalidade e abalando os seus princípios.

É claro que haverá exceções, portanto o mestre deverá recompensar os jogadores quando os seus personagens agem conforme super-heróis de histórias em quadrinhos, porém, quando não o fazem, restringir benefícios e retirar uma parcela do que foi concedido anteriormente.

Por exemplo, o narrador poderá diminuir ou negar pontos de experiência para os jogadores que não atuam conforme o seu personagem, alertando eles que determinado comportamento em jogo está sendo inadequado. Faz parte do trabalho do mestre impor o clima da história, e ter certeza de que os jogadores estarão agindo com seus personagens de forma adequada durante o jogo.

Ocasionalmente, um personagem poderá ou não tentar fazer algo que é heróico, mas por outro lado totalmente irreal e estúpido. Quando a ação aprofunda a história ou possibilita que os personagens dos jogadores sejam verdadeiramente super-heróis, o aconselhavél é o narrador abrir exceções, e permitir que o façam.

Quando a história não é planejada para haver anti-heróis, e os jogadores não colaboram, conciliando-se com o conceito do jogo, o narrador deverá alertar que heróis que matam criminosos serão perseguidos pela polícia, agentes governamentais, e também por outros super-heróis, geralmente sendo presos e julgados pela sociedade como verdadeiros assassinos.

O ideal é o narrador estar sempre ajudando os seus jogadores a se familiarizarem com o tipo de jogo proposto, ensinando como interpretar os seus supers personagens da forma mais adequada, respeitando o tema escolhido.

Planejando Desafios

Existem muitas maneiras para o narrador planejar os desafios dos personagens dos jogadores, há uma infinidade de fontes de inspiração ao seu alcance empregando e descrevendo arquétipos, os diversos efeitos das habilidades de um super-herói, estilos de combate e, sobretudo, as formas como tudo isso pode interagir em conjunto, em um mesmo universo.

Por exemplo, o mestre pode utilizar como fonte de inspiração um quadrinho com um personagem similar ao arquétipo de um super-herói do grupo dos jogadores, buscando qual será o seu rival ideal, a melhor oposição, e depois elaborar uma estratégia para realizar o combate, assim como descrito na história em quadrinhos.

Logo, isso aumentará significativamente os recursos do narrador, quando houver uma batalha interessante, ou circunstância na história em quadrinhos, o que o mestre precisará fazer é definir a melhor maneira de encaixá-la em sua trama, adaptando as táticas nos seus combates e soluções para superar os conflitos.

green_lantern_corps_no_2_by_alexgarner

Se você curtiu as dicas acima, compartilhe este texto com o seus amigos RPGistas nas redes sociais e tenha um grupo de jogo cada vez melhor. Aproveite também para curtir a fanpage do blog e ficar por dentro das novidades: AdrenalinaRPG – Compartilhe o seu vício conosco!

Veja também:

Um comentário sobre “Construindo e Planejando Histórias para Jogos de Super-Heróis

  1. Oi pessoal, tudo bem?

    Meu nome é Matheus Funfas, sou o editor responsável pela edição nacional do FATE RPG, que está em financiamento coletivo no momento.

    Acabamos de entrar na reta final do projeto e últimos dias de arrecadação e falta pouquíssimo para batermos a meta. Gostaria de contar com o seu apoio com a divulgação do jogo.

    O FATE é um jogo norte-americano premiado com a categoria ouro no Ennies (o oscar do RPG), e está sendo muito aguardado por vários rpgistas brasileiros há algum tempo.

    Estamos com kits para lojistas, apoiadores e também itens avulsos. Agradeço muito desde já por qualquer apoio que possa nos dar e desejo muito sucesso para suas empreitadas.

    A página do FATE com mais informações sobre o jogo é http://www.catarse.me/fate

    E eventuais artes para divulgação podem ser encontradas aqui: https://www.pinterest.com/solargames/fate-financiamento-coletivo/

    Grande abraço.

    Matheus Funfas
    Solar Entretenimento
    contato@solarentretenimento.com.br
    (43) 9122-2929
    (43) 3037-4299

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s